[Resenha] Dez Formas de fazer um Coração se Derreter - @editoraarqueiro

06 fevereiro 2017

Nome: Dez formas de fazer um coração se derreter
Série: Os números do amor Livro 2
Autor(a): Sarah MacLean
Páginas: 352
ISBN: 9788580415292
Editora: Arqueiro
Ano de lançamento: 2016
Comprar: Submarino, Saraiva


Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.

Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.

Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.

Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.
"Dez formas de fazer um coração se derreter" é o segundo livro da trrilogia "Os Números do Amor" e nele vamos ter os olhos centrados no irmão gêmeo de Gabriel, Lorde Nicholas St. John e Isabel.

Isabel é daquelas mocinhas que conquistam o leitor logo de cara, totalmente diferente para os padrões da época. No entanto, sua vida não foi e não é nada fácil. Filha de um Conde, que ao invés de cumprir com as suas obrigações, preferiu alimentar outros vicios. Ou seja, desde cedo Isabel se viu obrigada a lidar com certas situações, como cuidar das finanças da casa e de seu irmão mais novo.

Esforçada e sempre pronta para enfrentar qualquer situação, Isabel criou a casa de Minerva, que é nada menos que abrigar embaixo de seu teto mulheres que por algum motivo fugiram de casa, ou passaram por qualquer outro problema e não tem onde morar.


O problema é que as coisas parecem estar descendo a ladeira e a situação fica cada vez mais difícil, sem dinheiro para manter a casa, que está caindo aos pedaços, ela também precisa cuidar da educação de seu irmão e a única saída que vê para isso é vender sua coleção de estátuas, a única coisa que seu pai deixou e ela amava.

E é por causa disso que ela vai acabar conhecendo Lorde Nicholas St. John, ele é especialista em antiguidades e recentemente saiu em jornal como um dos solteiros mais cobiçados em Londres.

“Lorde Nicholas é um verdadeiro modelo de masculinidade. Bonito e charmoso, com uma aura de mistério que faz leques e cílios balançarem. E os olhos, cara leitora! Tão azuis!"

No entanto, ele estava em Yorkshire por outro motivo. Nicholas é daqueles personagens que possui muitos segredos e um deles é o seu faro para investigar pessoas. A pedido de seu amigo, ele parti em busca de Georgiana, que fugiu de casa e agora vive escondida na casa de Isabel.


O que ele não esperava era encontrar uma mocinha em apuros que em pouco tempo conquistaria seu coração.

“Não devia beijá-la. Ele sabia disso
No entanto, ela era diferente de qualquer mulher que já havia conhecido – e ele queria descobrir seus segredos. Mais do que isso: ele a queria. ”

O livro é narrado em terceira pessoa e possui uma narrativa muito fluída, com uma escrita envolvente que prende o leitor nas páginas.

Esse é o meu primeiro contato com a autora e confesso que estava muito ansiosa para ler, e apesar de esse ser o segundo livro, pode ser lido de forma independente.


Embora tenha um fraco por romances de época, posso dizer que gostei bastante e o final me deixou curiosa para ler os outros.

O enredo é bastante típico de romances de época, bem desenvolvido e com personagens cativantes, a edição está linda e essa capa é simplesmente maravilhosa.

Eu não posso fazer outra coisa senão recomedar a leitura. É fofo, divertido, romântico, uma leitura quase obrigatória para fãs de romances de época.


Esse livro foi uma cortesia da editora.

Bjs!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!