[Resenha] No Meio do Caminho Tinha Um Amor - @editoraarqueiro

10 fevereiro 2017

Nome: No meio do caminho tinha um amor
Autor(a): Matheus Rocha
Páginas: 176
ISBN: 9788543103792
Editora: Sextante
Ano de lançamento: 2016
Comprar: Saraiva, Submarino

'Eu achava que o amor existia, mas não era pra mim. Você foi a prova que eu estive errado por muito tempo!' – Matheus Rocha. Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre. Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor – e a certeza de um novo começo!

Sabe aqueles livros bem amorzinho que quando você olha para ele na sua estante você só consegue suspirar de tanto que gostou? É mais ou menos o caso desse.

Eu acompanho o Matheus nas redes sociais faz um tempinho, descobri o "Neologismo" através de uma amiga que é louca por ele e quando a Sextante lançou seu livro, eu surtei de ansiedade para ler.


"No meio do caminho tinha um amor" é um livro que começa pelo fim, sim isso mesmo. E nos convida a seguir em frente para desvendar o que há nas outras páginas, para assim chegar ao começo.

Como o próprio nome diz, o livro fala de amor, relacionamentos, o medo de lidar com o termino de um namoro ou algo mais sério e também sobre a vida, tudo isso em formato de crônicas.


"Me perdendo de você, achei uma parte de mim que tanto procurava. Parece que a dor, depois que a ferida cicatriza, nos oferece uma nova pele. Mais firme."

É um livro que nos presenteia de variadas formas. Nos fazendo refletir sobre alguns valores na vida, principalmente na sociedade que vivemos hoje.


Eu gostei muito do livro e só consigo pensar no quanto quero presentear as pessoas ao meu redor com ele. É um livro muito amorzinho!

"Talvez eu não só te ame tanto, como tenha um medo absurdo de perder você. De ver você escorrer entre os dedos, de não ter braços para fazer você caber no meu abraço, de não ter o gosto do beijo certo para fazer você querer me beijar sem parar, sem precisar respirar, sem sequer pensar em sair daqueles segundos que deveriam ser minutos, horas, dias, meses e anos que eu quero passar ao seu lado. Te amo."

Narrado em primeira pessoa, Matheus traz bela escrita, simples, sincera e que encanta os leitores. 


Eu só tenho recomendações a fazer, "No meio do caminho tinha um amor" é um livro maravilhoso, com uma leitura que vale a pena.


Esse livro foi uma cortesia da editora.

Bjs!

8 comentários:

  1. Olá,tudo bem?
    Nossa eu amei esse livro a primeira vista. A capa é bem chamativa e esse titulo me deixou curiosa. Ainda não tiva a oportunidade de ler, mas sua resenha me deixou bem mais curiosa. Espero curtir a leitura tanto quanto você. Beijos

    ResponderExcluir
  2. imagino o quanto vc se agradou da leitura, mas não curto livro estilo 'amorzinho'... ultimamente ando com vibe de livros mais pesados... mas pra quem curte o gênero,aposto que é uma boa recomendação... ^^
    bjs...

    ResponderExcluir
  3. Adorei essa capa. Estranho ele começar pelo fim, mas isso me chamou atenção. Adorei a sua resenha e como é a primeira vez que vejo sobre esse livro me causou uma boa impressão, coloquei ele na minha lista

    ResponderExcluir
  4. Oi!!
    Eu amo a capa desse livro ela transmite certa energia. A diagramação dele é perfeita pelo que dá pra ver nas fotos.
    Esse é pelo visto aquele livro que temos na estante e que de tempos em tempos pegamos para dar uma olhada.
    Não imaginei que ele era isso tudo, vou colocar na minha lista de desejados.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Acho esse livro tão maravilhoso por dentro que até fico um pouco triste por não gostar de crônicas... Rs...
    Fico feliz que tenha gostado tanto a ponto de querer presentear pessoas com ele, é tão bom quando encontramos uma obra que se torna especial para nós!
    Achei bem legal ele fazer refletir sobre valores na vida.

    ResponderExcluir
  6. Que livro encantador! Parabéns pelas fotos!
    Eu gosto muito de crônicas, então acho que adoraria a leitura!
    BJS

    ResponderExcluir
  7. É um livro muito amorzinho mesmo, né? Ele é fofo e faz a gente pensar em algumas coisas, refletir outras tantas e até suspirar durante a leitura. É lindo e a Sextante arrasou na diagramação, deixando ele ainda mais fofo, ainda mais amorzinho.
    Eu amei a leitura, e deu até vontade de ler algumas partes que marquei de novo :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Quando li essa resenah eu pensei exatamente o que você disse, quero muito presentear alguém com ele. Parece tão bonito e encantador.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!